E. Coli

2 Abril 2021

Escherichia Coli, nome derivado do médico Theodor Escherich, que em 1885 isolou esta bactéria pela primeira vez, sendo considerada desde essa altura uma bactéria causadora de gastroenterites com uma taxa de mortalidade significativa em crianças. Reconhecida a importância do seu controlo, no século XX passa a ser utilizada como microrganismo indicador de contaminação fecal em água e alimentos.

O seu habitat natural é o intestino do homem e de animais de sangue quente. A maioria das estirpes de E. coli não representa qualquer perigo para o seu hospedeiro. Nesta simbiose, elas desempenham um papel importante no nosso organismo, ajudando na absorção dos alimentos. No entanto existem algumas espécies patogénicas que são classificadas com base em alguns fatores como a virulência. Um exemplo de um desses números são as E. coli enterohemorrágicas (EHEC), grupo onde estão incluídas as E.coli O157:H7, principal grupo de E.coli patogénicas associadas ao consumo de alimentos.

São bactérias gram-negativas pertencentes à família Enterobacteriaceae. Têm a forma de bastonetes (bacilos) e tal como a Salmonella pode ser imóvel ou móvel, caso tenha flagelos. Crescem a temperaturas entre 7 e 46ºC e têm uma temperatura ótima de crescimento entre 35ºC e 40ºC. Geralmente sobrevivem a temperaturas de refrigeração. A contaminação fecal de água ou de alimentos, más práticas de fabrico, e falta de higiene pessoal são as principais causas de surtos de E.coli.

 

De forma a prevenir a contaminação devem ser adotadas boas praticas e ações preventivas/corretivas. Algumas dessas ações passam por:

  • Cumprir de forma rigorosa as temperaturas ao longo da cadeia de frio;
  • Evitar o consumo de carnes mal cozinhadas, leite não pasteurizado e água não tratada.

 

A título de curiosidade, em 2011 ocorreu um surto de E. coli com origem na Alemanha que infetou mais de 3 mil pessoas e causou 5 vítimas mortais. Pensa-se que o mesmo poderá ter tido origem em sementes de feno-grego, também chamado de trigonela, alimento utilizado na culinária.

Partilhar nas redes sociais